Páginas

01 abril 2014

Pão de Bolota

Depois de um longo e chuvoso outono-inverno estou de regresso com a receita de pão de bolota. 
Há já muito tempo que queríamos experimentar fazer este magnífico pão lusitano. No outono recolhemos bolotas principalmente de carvalho e sobreiro. Depois com base numa receita que encontrámos "aqui" fizemos o nosso pão. 
Em primeiro lugar cozemos as bolotas, com a casca sem serem cortadas. A cozedura faz com que percam os seus taninos que são a principal causa do amargo da bolota.
Depois de cozida a bolota é descascada e moída na picadora em farinha.
O excesso de farinha pode ser congelado para não se estragar.
Receita do Pão de Bolota

100 ml de Azeite
750ml de água morna
500gr. de farinha de bolota 
1,5 kg de farinha de centeio sem fermento
60gr. de fermento de padeiro
sal a gosto
6 colheres de sopa de mel
Começar por misturar as farinhas de centeio (do 1,5kg reservamos 0,5 kg para mais tarde) e bolota. Misturar bem e de seguida adicionar a água com o fermento e o sal misturado. Tornar a amassar bem e por fim incorporar o azeite e o mel. Amassar muito bem juntando mais um pouco de farinha se se achar necessário (até deixar de colar das mãos). 
A massa vai a levedar em local quentinho (nós colocámos a nossa perto da lareira - Perto! Não em cima da lareira).
Ao final de aproximadamente 7 a 8 horas este é o aspecto da massa. 
Tornar a amassar utilizando o resto, se necessário, da farinha  de centeio. Volta a levedar por mais 2 ou 3 horas em local quentinho.
Ao final desse tempo, sem voltar a amassar, coloca-se a massa num tabuleiro e vai ao forno a cozer.
Depois de cozido este é o magnífico aspecto do Pão de Bolota.
Não é só o aspecto que é magnífico é também o sabor, fez as delicias de todos cá por casa. O pão dos nossos antepassados é sem dúvida o melhor pão que já comi. 

10 comentários:

  1. Aqui vamos nós apanhar bolotas!!! Obrigada Luísa :)

    ResponderEliminar
  2. Olá Luísa,


    Só para perguntar se está tudo bem e desejar felicidades pelo seu blog que continua muito bom!

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Raquel vais ter que esperar pelo outono ;-) Beijinhos

    Rui obrigada pelas suas palavras :-) Estamos bem! Vamos ver se agora que tudo está a retomar a normalidade, começo a reanimar mais o blog ;-) Um abraço

    ResponderEliminar
  4. É muito muito bom!!!! Pena que já não temos bolotas...

    ResponderEliminar
  5. Isabel no próximo próximo outono haverá mais :-D

    ResponderEliminar
  6. Olá Luísa! Que bom que estás de volta ao blog.
    Que ideia muito interessante. Nó próximo Outono vou experimentar! Já apanhamos muitas bolotas, mas só para decorar e brincar. Nunca comi. Reanimar tradições muito antigas e valorizar o que de verdade é nosso. Obrigada.

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pelas tuas palavras Francisca :-)
    Depois gostaria de saber a tua opinião sobre o pão de bolota :-)

    ResponderEliminar
  8. Fico contente por estares de volta, tinha saudades da tua Horta Encantada. É sempre agradável ler os teus posts.

    Um beijinho e até à próxima!

    ResponderEliminar
  9. Obrigada pelas palavras Paula :-) Um beijinho

    ResponderEliminar
  10. Olá, há já tanto tempo que não dava aqui um saltinho. Bolotas, ainda me lembro de as comer em miúda. Há umas que são tão docinhas...
    Beijocas

    Helena

    ResponderEliminar