Páginas

03 fevereiro 2011

Desodorizante Feito em Casa

Depois da indicação da Luisinha da Quinta da Cavaleira, no seu blog, e da Quinta das Mogas com um comentário deixado aqui, fui espreitar o programa Biosfera, transmitido semanalmente no Canal 2 (podem ver o programa aqui: RTP - BIOSFERA). O que foi dado a conhecer neste programa é preocupante,  preocupante para nós e para o meio ambiente.
É verdade que cá por casa já fazemos os nossos cremes, batôn, lixívia de cinzas e sabões, mas há ainda muita coisa que falta, nomeadamente o desodorizante. Podia usar limão puro como desodorizante, que comigo funciona lindamente, mas os nossos limoeiros estão ainda longe de dar limões em quantidade suficiente. Por isso no fim-de-semana fui buscar inspiração ao blog Angry Chicken e compus a minha própria receita.

As quantidades apresentadas são as suficientes para encher um pequeno recipiente de vidro que reutilizei.
Misturar primeiro muito bem os pós e só depois juntar o azeite, se necessário juntar mais até a mistura ficar bastante espessa mas maleável. No final, se pretender, juntar o óleo essencial.
2 colheres de sopa de Bicarbonato de Sódio
2 colheres de sopa de Amido de Milho
1 colher de sobremesa de azeite
1 Gota de óleo essencial - Tea Tree (opcional)
Depois de o terminar, desconfiei. Tão simples, rápido e barato de fazer, será que é mesmo bom?
Obviamente a resposta é sim! Ao fim de cinco dias a usá-lo, nem sinal de cheiros desagradáveis. Para além de mim, usei também o pai cá de casa como cobaia, também ele aprovou o novo desodorizante.
A nosso ver, este desodorizante caseiro, funciona melhor do que qualquer outro que tenhamos usado antes.

53 comentários:

  1. Olá Luisa.
    Como desodorizante uso uma pedra do mar morto, que se vai usando e nunca mais acaba.
    Mas esta receita, super simples e barata, é para pôr em prática ainda hoje. Temos que ser "verdes" tanto com o planeta como com o nosso corpo.
    E sabonetes?
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  2. Eu uso a pedra de alúmen, não quero outra coisa:)

    ResponderEliminar
  3. Bom Dia Luísa!

    Mais uma dica fantástica.

    Vou experimentar a ver no que dá.
    Os desodorizantes que estão no mercado, segundo a minha carteira, além de extremamente caros, não são totalmente eficazes e deixam aquela marca amarelada horrível na roupa, por debaixo dos braços.

    Beijinho grande!

    ResponderEliminar
  4. Higeia: o desodorizante que usas é a pedra alum ?
    Quanto aos sabonetes. Para mim sabão ou sabonete são a mesma coisa. Já deixei aqui uma receita de sabão de banha, que ficou muito suave e super agradável de usar, sei que para os vegetarianos/vegans esta é uma receita impensável de usar. Por isso, brevemente, colocarei aqui uma de sabão de azeite que também é muito bom.

    Poupadinha: Nós também temos, mas no Verão ou quando se faz trabalho que requer mais esforço e consequentemente se sua mais a pedra não funciona conosco.

    Patrícia: Experimenta, é fantástico! Eu ainda não experimentei os dias suficientes para poder confirmar se mancha a roupa. Mas segundo relatos que li de quem usa este desodorizante há muito tempo, não mancha. Depois conta como correu.

    ResponderEliminar
  5. Luísa, que ideias que tú arranjas, mulher.
    Então mais isto é fantástico!
    Até podemos fazer para oferecer aos amigos nos aniversários!
    Olha, eu vou experimentar!
    Adoro vir aqui, tens sempre a capacidade de me surpreender!
    Grande beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Que original...Estou sempre a aprender coisas novas contigo Luisa!Só tenho duvidas no caso do azeite , será que náo fica a roupa gordurenta? e que óleo final é esse, é com essencias?

    Desculpa as perguntas sem logica, mas nunca tinha visto nada parecido e fiquei curiosa!

    Bjinho
    Rita

    ResponderEliminar
  7. Legal!
    Não sabia desse, ja conhecia pedra alúmen, mas uso um que ganhei mesmo...assim que acabar vou optar por esse ou pela pedra, que também é uma grande economia.

    ResponderEliminar
  8. Adorei o vídeo e sem dúvida tenho de me dedicar a fazer produtos caseiros. Não é só o poupar é também preservar a nossa saúde e o meio ambiente.
    Depois falo nisso.

    ResponderEliminar
  9. Eu não me dou bem com todos os desodorizantes que há no mercado, além de que muitos deles são prejudiciais à nossa Saúde. Vou mesmo experimentar a tua receita.
    Onde se pode comprar o Tea Tree?

    Beijocas

    ResponderEliminar
  10. Velud'arte: Olha que boa ideia, presentes! Obrigada pela ideia ;-)

    Ana Rita O Azeite usado é pouquinho, é´apenas o suficiente para incorporar tudo. Em várias das receitas que vi existe de tudo, quem use só os pós ou quem use outra gorduras como óleo de coco. Eu usei azeite porque era a que tinha aqui por casa. Ainda não tenho resposta sobre o manchar ou não, mas a quantidade utilizada é tão pouca, uma pequena ervilha, que dúvido que manche. Mas vou observar e depois digo-te.

    Saulo Rm: a pedra acaba por sair barata porque dura imenso tempo. Mas experimenta e diz se gostaste.

    Poupadinha: É isso mesmo! Fico à espera :-D

    Gina: Quando experimentares partilha :-D

    Susana: Ainda bem que gostaste :-D

    ResponderEliminar
  11. Ana Rita: Desculpa não te respondi à pergunta dos óleos essenciais. podes ver aqui o que são: http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%93leo_essencial

    Rachel: Podes comprar, por exemplo no Celeiro. Eu usei o Tea tree, mas podes usar outro que prefiras.
    Tem em atenção as propriedades de cada um.

    ResponderEliminar
  12. Ora aí está um concessão que ainda não consegui fazer; não abdico do meu "Fá" verde, e tem que ser spray. No entanto esta fórmula, por ser fácil, e livre dos perigos do sabão, tenta-me bastante.
    Vou experimentar ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Olá
    é uma excelente dica. Já conhecia a receita e falta-me apenas encontrar alguns ingredientess para também a por em prática. Li alguns comentários de pessoas que já experimentaram e nao houve ninguém que nao aprovasse.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  14. E eu a precisar de desodorizante!:)

    Vou ver se compro o óleo essencial
    e experimentar.

    Eu tenho um problema hormonal que
    me faz transpirar muito (principalmente nas axilas) será que comigo resulta?

    Beijinhos da Formiguinha

    ResponderEliminar
  15. Uau... aqui na Horta só se aprende coisas boas!!! :)

    Será que conseguiria fazer?
    Onde compro essas coisas?!

    Beijos

    ResponderEliminar
  16. Muito interessante. Por acaso uso a pedra de alúmen mas só de Verão ou quando o tempo começa a aquecer. De Inverno raramente uso desodorizante. É que suo muito pouco e descobri que quanto menos desodorizante se usa menos se precisa porque o corpo regula-se a si próprio. Mas de Verão, especialmente se tiver de sair de casa, uso. :)

    ResponderEliminar
  17. Adorei esta sugestão! Em breve vou pô-la em prática!
    Obrigada pela partilha

    ResponderEliminar
  18. Parece super fácil de fazer... fiquei tentada :)

    ResponderEliminar
  19. Aqui em casa também ficámos com vontade de experimentar fazer!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Luísa!!!

    Boa Amiga!!!

    Vou já experimentar... primeiro tenho que despachar o "pinguim" cá de casa e depois... tenho que arranjar tempo (que é o pior)... Depois digo como resultou...

    Beijinhos,
    Pat

    p.s.: Pensando bem... acho que vou fazer com o "pinguim"...

    Relativamente ao sabão de banha... tendo em vista que preciso de um porco (e se eu tivesse seria incapaz de o matar, quanto + tirar a banha dele...) e comprar deve de ficar caro... dava-me muito jeito o sabão de azeite... :)

    ResponderEliminar
  21. Tanto mais que tenho todos os ingredientes cá por casa... ;o)

    ResponderEliminar
  22. Eu já ando a guardar os frasquinhos que me poderão ser úteis... Obrigada :)

    ResponderEliminar
  23. Fernanda: Experimenta é super fácil de fazer e garanto-te que funciona melhor do que os de compra.

    Paula M. - É verdade também já me fartei de ler relatos e em nenhum dizia que não funcionava ou era menos bom. Espero que consigas arranjar os ingrdientes.

    Formiguinha: Funciona com toda a certeza. O que este desodorizante vai fazer não é inibir a função de transpirar, que é o que muitos dos desodorizantes de compra fazem e isso não é nada bom. O suor não tem cheiro, são as bactérias dessa área que vão fazer com que ele cheire. Ora sendo
    O bicabornato de sódio um anti-bacteriano, vai actuar directamente sobre as bactérias, impedido a sua formação, logo não há mau cheiro. O amido de milho vai funcionar como absorvente.
    Experimenta e depois conta como funcionou.

    An@: Já te respondi ;-)

    Flor de Lima: Que sorte :-D Eu de Verão ou Inverno em casa ou na rua não dispenso. ;-)

    Andreia: depois conta o que achaste! :-)

    Gaspas: Experimenta é mesmo muito fácil. :-)

    Isabel:Vale a pena experimentarem. Depois conta o que acharam.

    P&M: Boa Pat, mulher decidida ;-) Olha já plantei os bolbos :-D Mais uma vez obrigada

    Amora: Estás como eu, guardo tudo o que me parece que virá a ter utilidade :-D

    ResponderEliminar
  24. Mais uma para experimentar!!
    Eu já tinha lido várias receitas de cremes, mas tem sempre coisas difíceis de arranjar. Mas esta é super simples, vou experimentar de certeza.

    Tenho colocado a roupa a "quarar" e e também coloco um pouco de lixívia natural, tem resultado!! Obrigada

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Luísa,

    só espero que ainda estejam bons (os bolbos, claro :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  26. também acho que vou experimentar.
    já agora como usas o limão e onde se pode comprar pedra de alúmen?
    beijocas

    ResponderEliminar
  27. Carla: Esta é super fácil não é?
    depois conta como correu a experiência!

    PeM: Estão a crescer lindamente, os bolbos :-D Mal posso esperar pela linda flor ;-)

    Comandante Luneta: Depois conta como correu a experiência, está bem?

    Helena: Costumo usar uma rodela de limão cortada e esfregá-la na axila. A rodela aguenta, num pratinho na casa de banho, uns 2 ou 3 dias, depende do meteo... funciona lindamente ;-)
    A pedra comprei numa loja de produtos naturais.

    ResponderEliminar
  28. Olá Luisa

    É a primeira vez que aqui comento e gostaria antes de mais de dar-lhe os parabéns pelo blog.
    Fiquei muito interessada em fazer esta sua receita de desodorizante, contudo fiquei na dúvida se ele não ficará um pouco pastoso e difícil de aplicar? Qual será a melhor forma de o aplicar? Será que ele suja a roupa, especialmente a roupa mais escura?
    De qualquer modo, e logo que tenha oportunidade irei aventurar-me com esta sua receita.
    Obrigada pela partilha.

    Beijinho,

    Ana

    ResponderEliminar
  29. Olá Ana,
    obrigada pela sua visita.
    O desodorizante é muito fácil de aplicar. Eu aplico-o à mão.
    Não sei se mancha a roupa escura, ainda não tive essa experiência.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  30. Obrigada, Luísa, pela simplificação desta receita. Já me tinha cruzado com ela há muito tempo mas a falta de ingredientes, como a manteiga de karité e a de coco, impediram-me de a realizar.

    Já fiz e o resultado é excelente!

    Ps-Em vez do azeite utilizei óleo de coco, porque tenho sempre para fazer dentífrico, e funciona também muito bem.

    ❀ ❀ ❀

    ResponderEliminar
  31. Olá Trumbucto
    Funciona realmente muito bem. Tenho vindo a reparar nos últimos dias que já nem preciso de colocar diariamente! O que me deixa ainda mais surpreendida.

    Fiquei curiosa com a tua receita da pasta de dentes. Gostarias de partilhar? Sei de algumas mas são demasiado elaboradas e com ingredientes difíceis de arranjar ou então muito caros.


    Obrigada pela tua visita

    ResponderEliminar
  32. Também reparei que não é necessário utilizar diáriamente ":O)

    O dentífrico é muito simples de fazer. Vi a receita na Bonzai Aphrodite e que adaptei:

    2 colheres de sopa de óleo de coco
    3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio
    25 gotas de óleo essencial de menta

    Mistura-se tudo até formar uma pasta consistente mas maleável.

    O xilitol nunca experimentei. Utilizei stevia, um substituto natural do açúcar, mas não gostei muito.

    Ao principio estranha-se o sabor, meio salgado, não ficamos com a mesma sensação de frescura dos dentífricos convencionais mas depois habituamo-nos. Mais difícil será para as crianças.

    ❁ ❁ ❁

    ResponderEliminar
  33. Pasta dos dentes??? boa... vou experimentar... é isto que eu adoro no Mundo " blogueiro" o que apendemos uns com os outros...ehehehe

    ResponderEliminar
  34. Trumbuctu: Muito obrigada pela partilha :-D
    Vou experimentar.

    Luisinha: Também adoro estas partilhas e tudo o que aprendemos com elas :-)

    ResponderEliminar
  35. Olá Luísa!
    Muitos parabéns pelo seu blog, e muito obrigada pela partilha!
    Acabei de experimentar (mas usei óleo de lavanda e de alecrim, feitos por mim), e tenho a certeza que também me irei deliciar, até porque deixei de usar químicos no meu corpo e estava mesmo a precisar de uma alternativa, pois o sabão de alfazema que uso deixa de ser eficaz perante o suor que provocam coisas como roçar mato e cultivar!
    Aproveito para partilhar uma forma de fazer os seus próprios óleos (isto para o caso de não saber, mas de qualquer forma, fica a ideia para quem vem aqui aprender coisas), pois os óleos são caros e é sempre bom utilizarmos as ervas medicinais e aromáticas que a natureza nos oferece!
    Basta arranjar um frasco de vidro de boca larga, de preferência escuro (para o sol não danificar as propriedades das plantas), enchê-lo da planta da sua preferência, cortada aos bocadinhos, e encher o restante volume com óleo extra virgem ou óleo de amêndoas. Depois é só tapá-lo, colocar ao sol durante 3 a 4 semanas, e ir agitando com alguma frequência. Findo este tempo, filtra-se e guarda-se num frasco, num sitio escuro, e pode-se usar para adicionar a cremes, sabões e outras poções!

    ResponderEliminar
  36. Filhos da Terra: Obrigada pelas tuas palavras. Por cá ainda não substituimos tudo, mas vamos no bom caminho :-D
    Muito obrigada pela tua partilha vou concerteza experimentar... Diz-me só uma coisa o óleo extra virgem que utilizas é o azeite?

    ResponderEliminar
  37. Olá Luísa!
    Peço desculpa pelo meu lapso, falava sim do azeite extra virgem :)é uma maravilha para a pele.
    Gostei muito do desodorizante, resulta muito bem e tenho as axilas super suaves! Hoje estou a fazer a pasta dos dentes, com algumas variações, mas muito obrigada!
    Aos poucos se vai fazendo a diferença! Ah! E já agora, o vinagre de vinho branco, para além de muito barato, é um excelente liquido de limpeza e desinfectante, para lavar vidros, azulejos, loiças de casa de banho... e o sabão azul e branco também é muito eficaz para limpeza.
    Admiro muito o seu blog e é muito bom haver pessoas assim interessadas em mudar, e em tentar deixar um mundo melhor para os seus filhos!

    ResponderEliminar
  38. Filhos da Terra: Obrigada pela resposta. O vinagre é já um dos produtos de eleição cá por casa, se bem que passou para segundo plano depois da descoberta da líxivia de cinzas :-)
    O desodorizante é de facto muito bom e dura imenso tempo. A pasta ainda tenho que trabalhar mais nela, especialmente por causa dos miúdos.
    Mais uma vez obrigada pelas tuas palavras, especialmente porque me trouxeram à memória um remédio caseiro feito pela minha avó, sobre o qual acabei de fazer um post.

    ResponderEliminar
  39. acabadinho de fazer creio que usei um pco mais de azeite mas parece fantástico já o experimentei e aguardo:)marido parece rendido.
    Fantástica a receita de pasta dos dentes é que é já assim que me indicarem onde compro o óleo de côcô.

    ResponderEliminar
  40. Se achas que juntaste azeite a mais, junta um pouco de amido de milho para incorporar a gordura.
    Eu não usei óleo de coco na pasta de dentes, mas caso o queiras usar podes fazer uma busca on-line e vais encontrar diversos sítios onde o adquirir. um beijinho

    ResponderEliminar
  41. Este blog é fantástico!
    E esta ideia do desodorizante então...!!!
    O calor já chegou e há dias comprei um roll-on, enquanto o tirava da prateleira do supermercado pensei que devia de haver uma outra solução que não aquele produto e aqui está ela!
    Vou fazê-lo assim que consiga o oleo essencial!

    ResponderEliminar
  42. Lídia: Obrigada :-D Experimenta que funciona realmente muito bem... podes dispensar o óleo essêncial ou juntar mais tarde quando o arranjares.

    ResponderEliminar
  43. Adorei essa idéia vou experimentar, obrigada, beijos, dani

    ResponderEliminar
  44. Olá! Este blog é espetacular :)
    Experimentei esta "receita" mas ficou um pó branco e não uma pasta...
    O que fiz de errado?

    ResponderEliminar
  45. Filipa: Obrigada pelas palavras!
    Será que tem gordura a menos?
    Pela descrição eu diria que sim...;-)

    ResponderEliminar
  46. Pois, é capaz... tenho que experimentar outra vez :)
    Obrigada!

    ResponderEliminar
  47. Olá Luisa quero felicitá-la pelo seu blog do qual fiquei fã.Já fiz o desodorizante,tenho usado e gosto.Mas queria perguntar se quando o aplicamos ele não espalha muito bem por vezes fica tipo grumo embora tenha ficado massa consistente e maleavel, será que me escapou algum pormenor? Acabei de fazer o shampoo caseiro agora é só esperar até arrefecer depois digo como ficou,beijinhos e obrigada pelos seus ensinamentos que gosto muito.

    ResponderEliminar
  48. Olá Luísa,

    há pouco mais de um mês experimentei esta receita, e o meu marido ficou fã! Mas passado algum tempo notámos que o bicarbonato era abrasivo, por isso, e para algumas pessoas vai ser uma ideia, diminuírem um pouco a quantidade de bicarbonato.
    Costumo recorrer com frequência ao seu blog para receitas e modos de vidas mais sustentáveis. Parabéns e obrigado por partilhar este conhecimento connosco!

    ResponderEliminar
  49. ola luisa, fiz o desodorizante e adorei, vou fazer pela 2 vez. tenho azeite com alfazema acho que vou usar em vez de essencia. obrigada

    ResponderEliminar
  50. Olá Luisa,
    acabei de fazer o desodorante, mas a quantidade de azeite para o pó não foi a mesma que usastes. não sei se por estar no brasil tenha confudido as medidas das colheres.. será? por aqui, o que chamamos de colher de sopa é uma colher grande para se tomar sopa (hahaha, claro), a de sobremesa é só um pouco menor e logo após vem a de chá que é menorzinha. o mesmo acontece por aí?
    no caso, quando coloquei somente uma colher de sobremesa de azeite, a massa mudou muito pouco, coloquei duas e os pós juntaram, mas a pasta nao ficou nem um pouco maleável, então precisei usar 3 colheres!! ficou legal, já usei e tudo, mas nao ficou com esse tom azulado do seu, o meu ficou amarelado.

    ResponderEliminar