Páginas

08 fevereiro 2012

Dias de Arrumações

Os últimos dias tem sido passados a organizar e a arrumar o meu cantinho. Tenho por hábito guardar tudo o que aos meus olhos tenha potencial de matéria-prima, revistas, jornais, caricas, tampas, pratas, embalagens em plástico e cartão, etc, etc.... A par disto guardo recortes de tudo o que me interessa para ler mais tarde ou simplesmente para arquivar. 
Guardar todas estas coisas sem as organizar, não vale a pena pois transformam-se em lixo. Por isso os últimos dias foram passados sobre o lema da organização. Caixas com o conteúdo indentificado e arquivado e os arquivos dos trabalhos das crianças finalmente acessíveis.  Este foi o resultado.






8 comentários:

  1. Tem de ser mesmo assim Luisa, senao as coisas perdem o objectivo!
    Eu tb passo os meus dias a organizar tudo (enquanto 3 traquinas fazem o contrário! )

    Bjinho

    ResponderEliminar
  2. Ai é tão bom ter as coisas organizadas... Espero q se aguentem assim bastante tempo ;)

    ResponderEliminar
  3. Que bom ter as coisas organizadas não é?!

    Continuação de boas arrumações.

    Beijokas
    Um dia feliz

    ResponderEliminar
  4. Comecei o ano a fazer isso mesmo, mas depois da trabalheira que dá, sabe bem ver o resultado.

    Maos à obra :)

    ResponderEliminar
  5. Está a fazer falta uma arrumação destas cá em casa, mas com a falta de espaço, torna-se uma tarefa deveras complicada, rsrsrsrs... vou tentar no verão, a papelada já começa a espalhar-se e eu gosto muito de tudo arrumadinho.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Marta: Concordo contigo, as coisas perdem mesmo o o objectivo.

    Kakia: Também eu, também eu ;-)

    An@: Obrigada! As organizações nunca param ;-) hehehehe

    Paula M. : Pois sabe :-)

    Patrícia: Força nas arrumações ;-) No final sabe mesmo bem :-)

    ResponderEliminar
  7. Eu também costumo fazer grandes arrumações (associadas a limpezas), pelo menos uma vez por ano - as famosas limpezas de Primavera! Mas ultimamente ando a reflectir mais sobre a quantidade de coisas que acumulamos sem necessidade e acho que, pelo menos no meu caso particular, mais do que organizar, preciso de reduzir. Quando se tem menos, não é preciso arrumar e limpar tanto, nem perder tanto tempo a organizar...

    ResponderEliminar
  8. AnaGF: As famosas limpezas da Primavera, aqui pelo campo, revestiram-se de todo um novo significado para mim ;-) Há mais pó e mais bichos do que num apartamento citadino e mais necessidade de limpar. Bem que dispensava esta parte...hehehehehe
    A máxima do arquitecto minimalista Mies Van Der Rohe "Less is More" é uma das minhas citações preferidas e adapta-se a muitos aspectos das nossas vidas.
    Mas a verdade é que não consigo deitar fora coisas para as quais olho e consigo ainda encontrar um novo significado. A condição para as guardar é que cada coisa tem que ter um sítio para "habitar", se isso não acontecer é considerado lixo. ;-)

    ResponderEliminar