Páginas

14 setembro 2011

Lágrimas de Rainha

Fomos às pinhas, trouxemos camarinhas.
Camarinha (Corema album) é uma planta endémica em Portugal, podemos encontrá-la em dunas e pinhais  da zona litoral. É um arbusto de uma beleza indescritível, verde escuro salpicado de pequenas e apetecíveis pérolas brancas fazendo lembrar uma pequena árvore de Natal. As suas bagas são bastante saborosas e podem ser comidas cruas  ou em doces e geleias que acompanham muito bem com carne de proco. Este ano não apanhamos suficientes para fazer doce, como em anos anteriores. Ainda assim foram suficientes para "matar" as saudades deste saboroso fruto.
Existe uma curiosa lenda relacionada  com as camarinhas, na qual as lágrimas da rainha D. Isabel são transformadas no apetecível fruto:
E o pranto da Rainha
Nas suas faces rolava
Regando a erva daninha
No pobre chão que pisava!
- “Ó meu pinhal sonhador
Que o meu Rei semeou!
Dizei-me do meu Amor
E se por aqui passou…”
Mas cristalizou-se o pranto
Em muitas bagas branquinhas
E transformou-se num manto
De brilhantes camarinhas!...
Eis que repara a Rainha
Numa casa iluminada…
- “Quem vela nesta casinha
Numa hora adiantada?!...”
Os robles silenciosos,
Tão tristes que nem eu sei
Responderam receosos:
- O Rei!...
robles – nome pelo qual também são apelidados os carvalhos comuns


6 comentários:

  1. Oi Luisa,
    Comi tantas este Verão.As dunas estão carregadinhas delas!!!Mas nunca fiz doce!!!
    Tens a receita??gostava de experimentar!

    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  2. Já tinha ouvida falar deste fruto mas infelizmente nunca vi "ao vivo"!
    Parece tão saboroso!!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. No ano passado fiz geleia com camarinhas... nunca tinha visto ninguém fazer mas depois ao pesquisar verifiquei que há imensas receitas.
    Mas esse poema é um luxo, eu sou da zona de Leiria e fico emocionada com tudo o que tem a ver com a Rainha Santa.
    Este ano há tanta camarinha, na beira da estrada que vai da Nazaré até às Paredes está tudo branco com elas.
    bj eugénia

    ResponderEliminar
  4. Desconhecia completamente ...

    Entao estive ai perto .... bem que vos podia ter ido visitar ...
    Fica para uma próxima!

    Bjinho
    MB

    ResponderEliminar
  5. Que lindas! Disseram-me que Marinhais (ao pé de Salvaterra de Magos) tem esse nome por causa das camarinhas... :) Tenho de ver se há camarinhas por lá também.

    ResponderEliminar