Páginas

05 abril 2011

Bálsamo de São João

O Bálsamo de São João era um remédio caseiro feito pela minha avó. Era usado sobre a pele como cicatrizante e tanto quanto me lembro funcionava muito bem. Lembrei-me deste remédio depois do comentário da Filhos da Terra feito aqui, no qual, a Filhos da Terra, descreve como confeciona óleos utilizando ervas medicinais e aromáticas.
A receita da minha avó era fabricada de forma semelhante. Utilizava a Erva-de-São-João e azeite extra virgem. A mistura ficava a macerar dentro de um frasco de vidro e ao fim de algum tempo ficava pronta a usar. Como nenhuma das minha tias recorda a forma como a minha avó o fazia, vou utilizar a receita da Filhos da Terra. Amanhã irei colher  hipericão, já identifiquei uns pés que crescem aqui perto, para fazer o bálsamo.
As propriedades da Erva de São João ou Hipericão ( (Hypiricum perforatum L.) são: adstrigente, anti-séptico, cicatrizante, diurético, sedativo, vermifugo, vulnerário.

12 comentários:

  1. Olá Luisa!
    Sou a Marta Boldt que também escreve no pés na relva.

    Continuo a seguir te e como gosto muito da tua horta, coloquei o teu link, no meu recem criado blog: www.ensinodomestico.blogspot.com

    Concordas?

    Bjinho para todos

    ResponderEliminar
  2. Eu não tenho olho para essas ervas, posso passar por elas que não as distingo.

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Olá Luísa!!

    Sempre a fazer as tuas experiências :)
    Muito interessante estas receitinhas caseiras e eram muito importantes no tempo das nossas avós, pois não haviam os medicamentos de hoje.
    Quanto a mim, as receitinhas caseiras ainda são melhores, por que já sabemos, os medicamentos tem efeitos colaterais e os remédios naturais, não.
    Estas receitinhas são pérolas da sabedoria antiga.

    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  4. Olá Luisa, sou Chantal e sempre entro no seu blog. Queria te perguntar se vc sabe se esse bálsamo é indicado para o vitiligo, pq sei que essa erva é usada para o tratamento do vitiligo, mas não sei se na forma de bálsamo. Obrigada

    ResponderEliminar
  5. Uma pena que essas mezinhas se estejam a perder! E ainda bem que alguém as está a recuperar :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Fiquei encantada com este post!...
    Um dos primeiros óleos que fiz foi o de hipericão. Na altura estava com um problema num ombro, provocado por uma tendinite. A solução da medicina convencional seria encher-me diariamente de comprimidos (e de efeitos secundários altamente nocivos) ou até uma operação, cuja recuperação duraria 6 meses. Mas com acupunctura e óleo de hipericão, sinto-me óptima e já passaram 2 anos, e continuo a poder trabalhar "no duro"!
    Também é excelente e muito usado para problemas de costas, para além das propriedades que enumerou, e para queimaduras.
    Aqui as flores só começam a desabrochar daqui a um mês, mas depois durante um mês, há flores novas todos os dias. O que eu fiz, era apenas com flores.
    E já agora, uma curiosidade... dizem que se for colhido no dia de S.João, as suas propriedades estão ainda mais concentradas e também actua como protector!
    É muito importante recuperar as receitas das avós e esses conhecimentos perdidos!
    Estou definitivamente fã do seu trabalho!
    grata

    ResponderEliminar
  7. Só posso dizer: - fantástico!!!

    Meu pai também sabe algumas (simples) que em algumas situações dão muito jeito.
    Mas parece que nenhum dos seus filhos (4) herdou essa sabedoria.

    Beijinhos da Formiguinha

    ResponderEliminar
  8. Olha tb uso o óleo de hipericão, no Inverno, para dores que pioram com o frio e no Elias. À noite entes de deitar se massajar a zona dos rins com ele, evita-se que ele faça xixi na cama, isto só necessário no Inverno, agora por exemplo já não faço. Tb recomendo às grávidas :)
    Um grande beijinho e boa sorte :)és uma inspiração!!

    ResponderEliminar
  9. Fico tão feliz por ver pessoas a voltarem acreditar, que a cura vem da nossa Mãe Terra, e que é a informação das plantas que nos vai Re-ligar com o Todo.

    ResponderEliminar
  10. Acho k tenho isso aqui... deita um liquido amarelo?

    ResponderEliminar
  11. Marta: Concordo :-D

    Rachel:é uma questão de prática e de gosto :-)

    Patrícia: Pois são :-D

    Chantal: Não sei se terá qulaquer efeito sobre vitiligo.

    Fernanda: Felizmente nem tudo se está a perder ;-)

    Filhos da Terra: Eu também fiquei encantada com toda a informação que aqui deixaste. Muito obrigada :-D

    Formiguinha: Formiguinha por favor regista essa sabedoria do teu pai :-D É um legado para o futuro.

    Ama, a fiandeira...: Querida Ana tu é que és uma inspiração :-D Ah é verdade também tenho muitas saudades tuas! Obrigada pela partilha de mais utilizações do bálsamo :-D

    Higeia: É mesmo isso a cura vem da mãe terra! Mas temos que a tratar melhor do que até aqui ;-)

    Gaspas: Essa do líquido amarelo deixou-me quase com a certeza que não é a mesma planta. Faz uma busca no google por hipericão e vais ver várias fotos e assim podes tirar as dúvidas.

    ResponderEliminar
  12. Especialmente Gaspas, talvez a planta de que fala seja a celidónia, cujo líquido se usa para eliminar calos e verrugas - veja este link http://www.lookfordiagnosis.com/images.php?term=Chelidonium&lang=3&from2=12
    O hipericão é esta http://www.flickr.com/photos/moitas61yahoocombr/2195910676/
    Também tem umas informações interessantes! Ah, pelo que sei grávidas e pessoas com problemas de coração não devem ingerir o hipericão, mas julgo não haver problema com o óleo.

    ResponderEliminar