Páginas

10 janeiro 2011

"Olhos de Cão Azul"

A nossa família voltou a crescer. Na loja do costume, à porta, lá estava ele à espera que alguém o levasse para casa. Desta vez foi o pai que se apaixonou e não resistiu ao seu doce olhar azul. Apresento-vos o Banzé, nome escolhido pela L., que sem saber lhe deu o nome do primeiro cão do pai. 

17 comentários:

  1. É mesmo dificil de resistir.
    Espero que passem bons momentos , todos juntos.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Muito fofo esse cãozinho!
    Sophie, no final de semana fez a maior festa com um cachorro do vizinho, lutaram, brincaram na areia... coisa mais fofa, se quiser pode conferir as fotos no meu blog.

    Abraços caninos

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pelo novo membro da família, mas, acima de tudo, obrigada pelo destino deste doce.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia,
    O cãozinho é um amor.
    Tenham cuidado com as unhas dele. Quando derem de conta, têm o chão todo risacdo. Aconteceu conosco. O nosso cão agora fica lá fora numa casazinha de madeira feita de preposito para ele.

    Beijinhos

    Ana

    ResponderEliminar
  5. Bem, se a minha cachopa o visse ia ser um caso sério para a convencer que não podemos ter cães num apartamento!!!!

    ResponderEliminar
  6. Tem uns olhos muito meigos, não tem?

    Ter um cão é o sonho do Duarte, desde pequenino, infelizmente o pai não concorda; já foi um processo tão longo para que aceitasse um gato!
    Enfim, nunca teve animais de estimação...

    Boa semana!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. é tão fácil apaixonarmo-nos por ele!! Olhem me esses olhos e esse focinho!!Só merece festinhas...

    Bjokas e boa sorte p o Banzé,

    Rita

    ResponderEliminar
  8. Uma familia a crescer é sempre tão bom! Eu não vejo a hora de reproduzir as vossas mudanças, porque também andamos à procura de um terreno bem fora da cidade, e delíciar-nos com a saudável vida campestre, na qual cresci e quero proporciaonar aos meus meninos.
    O cachorro não engana: um fiel adorável!
    um beijinho, elisabete

    ResponderEliminar
  9. Que coincidência fantástica! E Banzé não é um nome comum.

    O cãozinho é lindo e parece pedir miminhos, ainda bem, deu sorte.

    Adorava ter um cãozito, mas em apertamento é impossível dar-lhes qualidade de vida.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Luisa:
    Recebi tua visita no Alma Mater, e aqui estou a te visitar.
    Que recanto lindo este da tua encantadora horta!
    Descobri que moras numa casa de madeira, muito semelhante à minha.
    O teu amor à natureza também é algo que temos em comum.
    Se ainda não conheces o blog da minha esposa Flora, recomendo-te a visita, pois ela é uma grande amante da natureza: www.floradaserra.blogspot.com

    Parabéns por tua sensibilidade e bom gosto.
    Abraços.
    Gilberto.

    ResponderEliminar
  11. A L. tem bom gosto :)
    Felicidades para o Banzé!

    ResponderEliminar
  12. e o papá deve ter ficado delirante.
    O Banzé cativa qualquer um, olha só esse focinhito.
    beijocas

    ResponderEliminar
  13. A "Loja do Costume" tem animaizinhos mm giros....
    Que ternurinha o Banzé...

    ResponderEliminar
  14. Tadinho, tão giro e com um ar super fofinho. Não imagina o Banzé (adorei o nome) a sorte que teve em ficar convosco ;)
    Beijos.

    ResponderEliminar
  15. Que lindo! :) parecido com o meu Pacheco! Parabéns,e muito mimo! :)
    Estou a adorar o blog e acho que lá vou ter que arregaçar mangas e partir para experimentações com tanta coisa interessante que estou a ver!! ;)
    obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar