Páginas

15 dezembro 2010

O Nosso Chá

Segundo a lenda, num dia de muito calor o Imperador Shen Nung estava sentado a uma sombra para se proteger do Sol quando umas folhas cairam dentro da sua taça de água quente. Leram bem, água quente! Segundo algumas correntes a água quente alívia mais o calor do que a fria.  Prosseguindo com a história, Shen Nung não se apercebeu do sucedido. Quando foi beber a sua água ficou maravilhado com a infusão que tinha acabado de descobrir. Decorria o ano  2737 a.c.
Seguindo as pisadas de Shen Nung ontem experimentámos fazer chá com folhas acabadas de cair da nossa  árvore do chá.  Ficou muito agradável! Uma experiência a repetir.
Apresento-vos a nossa Camellia sinensis em flor. Por enquanto é apenas um pequeno arbusto, mas esperamos que se torne numa bela árvore.

16 comentários:

  1. Bom dia!
    As vantagens de se viver, tendo um pedaço de terra. Em qualquer altura podes fazer um chá, que além de saber bem, é preventivo do cancro. Quando olhares a planta, pensa que ela é uma boa ajudadora do Homem. Sim! porque a solução para os nossos problemas está na Natureza e não embalado em prateleiras.
    Beijinho e felicidades neste dia de céu limpo.

    ResponderEliminar
  2. HUm... dá vontade ir até ai beber um chá :)

    Este teu texto fez-me lembrar o dia de hoje quando pela manhã fui passear os cães no campo.
    O chão estava cheio de geada e eu fiquei parada debaixo dum carvalho cujas folhas estavam a cair em cima de mim. :) Fantástica a sensação e o barulho das folhas!

    ResponderEliminar
  3. Pois, se estivesse na santa terrinha, também bebia assim um chazinho especial. Como estou muito contrariada nesta infernal Lisboa, vou bebendo os da Lipton mesmo :)

    Vocês querem me deprimir né?
    Tu a falares da planta de chá que tens plantadinha, depois vem a Gaspas a dizer que foi passear os cães no campo e ainda por cima, parou debaixo dum carvalho.

    Buááááááá!!
    Quero voltar para Trás-os-Montes!!

    Pronto...já passou!
    Hahahahaha...

    Beijinho grande :)

    ResponderEliminar
  4. :-)
    Eu adoro já e por vezes tenho a sorte de uma colega aqui do trabalho me trazer chá "lá da terra" e é simplesmente divinal!
    Beijocas grandes!

    ResponderEliminar
  5. Olá Luisa,

    Que bela árvorezita tens aí!
    É sempre bom querer uma chevenita de chá e chegar ao quintal, colher as folhas e ferver. Ter um chá do mais natural que pode existir é um privilégio!!!

    Bjinhos,


    Rita

    http://bembons.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Hummm ...

    Cházinho natural que bom!

    ResponderEliminar
  7. Amiga, como conseguiste a camellia sinensis???
    Só tenho canteiro de infusões e não da planta do chá (que tem teína) porque não encontro o arbusto à venda!
    Diz, por favor!!!

    ResponderEliminar
  8. Higeia: Não fazia ideia que a o Chá era preventivo do cancro. Interessante, sempre a aprender ;-)
    Pois a solução para os nossos problemas está na natureza, o problema é a falta de respeito que andamos a ter por ela.

    Poupadinha: Sai um cházinho para a menina Poupadinha :-D És muito bem-vinda para vir beber o nosso cházinho.

    Gaspas: Serás bem-vinda, quando quiseres.
    Pela imagem que descreves, deves ter tido umas sensações fantásticas logo pela manhã. QUe maravilha, começar assim o dia!

    Patrícia: Querida Patrícia não era minha intenção deprimir-te... ~por isso aqui vai um grande cházinho virtual só para ti, se quiseres um real também serás muito bem-vinda aqui na nossa Horta. Muitos beijinhos

    Isabel: Realmente, que sorte! Até ontem nunca tinha bebido assim, de folhas frescas. beijinhos

    Ana Rita: Então não é uma maravilha, querer um cházinho e ir ali apanhar as folhas :-D
    beijinhos

    Ana: Pois é, é maravilhoso :-D beijinhos

    Susana: Há anos que andava à procura da Camellia sinensis. Quando fomos aos Açores trouxemos alguns pedaçinhos para ver se conseguiámos pegar de estaca, mas não conseguimos. Procurei em imensos viveiros, nada. Até que um dia por mero acaso, quando já tinha perdido a esperança de encontrar, ela ali estava num viveiro. Era exemplar único e andava por ali perdida há imenso tempo, nunca ninguém a quis comprar porque não dava uma flor tão bonita como a camélia que se usa nos jardins.
    É minha intenção, quando ela estiver mais forte, fazer estacas para ver se conseguimos fazer uma sebe com o Chá. Se tivermos sucesso ficas com uma para ti. Combinado? Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Eu prefiro estes aos do pacote.

    Sabe muito bem.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Eu adoro chá!

    Quando chego a casa depois do trabalho coloco o jarro com água a ferver para os cozinhados e faço sempre uma caneca de chá e tomo-o com bolachas Maria Soja (que são uma delícia) e sabe-me tão bem seja Inverno ou Verão.

    Normalmente é chá de cidreira (tisanas) o único que tenho caseiro (amiga que ofereceu) é o chá de limonete mas que raramente tomo porque faz sono (segundo dizem) e do sono já sofro eu.

    Beijinhos e bons chás

    ResponderEliminar
  11. Amiga! Eis a minha Prenda de Natal!
    É muito simpático da tua parte. Mal posso acreditar!
    Mas, como tu própria dizes, o meu presente mais desejado é mesmo a saúde da minha mais recente menina de 4 patas... A história do ano passado repetece-se... A minha Lunna está a fazer por estes dias 1 ano cá em casa (se todos os anos tirar um cão abandonado/mal-tratado/atropelado da rua, nem quero imaginar daqui a 10 anos...).
    Os 2 presentes juntos seria o céu!
    Beijo linda.
    Mais uma vez, obrigada pelo carinho.

    ResponderEliminar
  12. Árvore de chá? Não conhecia, pensei que fossem sempre arbustos. Essa é da família das camélias? Então que tipo de chá dá para preparar, excitante ou calmante? Prepara-se com as folhas verdes?
    Desculpa todas as perguntas, Luísa, mas adoro chá!
    Temos sidreira no jardim, que corto, lavo e ponho a secar, no S.João, para ter todo o ano.

    ResponderEliminar
  13. Que interessante Luísa, gosto muito de chás pena que não tenho tanta sorte de morar em uma casa e poder plantar e colher diretamente da terra, mas ainda realizo este sonho, por enquanto fico a fazer lhe visitas
    assim fico em contato com o encanto do que é poder estar em contato com natureza.Beijos de sol para te iluminar

    ResponderEliminar
  14. Fernanda: É a árvore do que nós chamamos o chá preto, logo é excitante. A planta do chá é em estado "selvagem" uma árvore que pode atingir os 15 metros e é de facto da família das camélias, mas como é quase sempre cultivada para produção de chá, raramente passa de arbusto. O chá comercial que consumimos é feito com folhas maceradas secas ao ar e torradas, mas pode ser consumido assim em folhas frescas. A verdade é que tecnicamente só podemos dar o nome de chá aos que são feitos com esta planta, todos os outros são tisanas.
    Tal como tu também gosto muito de cidreira e já plantámos uma cá pela horta.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  15. Também gosto muito de chá quente nos dias quentes! Tenha uma boa semana!

    ResponderEliminar