Páginas

20 dezembro 2010

Nova Experiência Com Sabões

Não se sabe ao certo quando foi inventado o sabão, nem onde. O vestígio mais antigo da sua existência foi descoberto em escavações na antiga Babilónia, um pote de barro com gordura cozida com cinzas, datado de 2800 A.C.
Embora a sua descoberta seja muito anterior, provavelmente ainda na pré-história, a lenda mais popular sobre a criação do sabão é Romana.
O Monte Sapo era o local dos sacrifícios animais em oferta aos deuses. Estes eram cremados à beira do rio Tibre, quando chovia as cinzas misturadas com a gordura animal eram arrastadas rio abaixo. As mulheres que costumavam lavar a roupa mais abaixo no mesmo rio verificaram que aquela mistura de cinzas e gordura animal lavava sem grande esforço a sua roupa. 
Inspirados pela lenda fizemos sabão com gordura animal, neste caso banha. Para molde dos sabões reaproveitámos umas calhas que sobraram da construção da nossa casa.
Depois foi só cortar e desenformar.
Até dia 18 de Janeiro estarão a curar (como os queijos) e só depois disso podem ser utilizados.
Gostaria de oferecer a todos os que nos visitam e se interessam pelos sabões naturais a possibilidade de experimentar. Por isso quem quiser, expresse nos comentários essa vontade até Quinta-feira 23, se forem mais do que três os interessados, tiraremos à sorte quem os irá receber. 

17 comentários:

  1. Gostava mesmo de experimentar, mas também gostava de saber como se fazem.
    Já agora, e que banha usaram? A de compra?
    Beijo e obrigada por todas as informações!

    ResponderEliminar
  2. Olá Luísa,

    também gostava de experimentar
    porque uso muito sabão e assim
    aproveitava para tentar fazer
    em casa.
    A Formiguinha lava muita roupa
    à mão, tadinha.

    Beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar
  3. Ofereço-me como cobaia para testá-los! :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Manda vir ...

    Eh eh eh

    Há que experimentar!

    Beijos

    Feliz Natal

    ResponderEliminar
  5. Gostava mesmo era de fazer.
    qual a receita?
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Eu também queria ser cobaia ;)

    Gina
    Maçã Dentada

    ResponderEliminar
  7. Olá Luisa,

    Como não podia deixar de ser eu também me candidato para experimentar os teus sabonetes.

    Bjokinhas,


    Rita

    ResponderEliminar
  8. Olá Luísa, cá em casa aproveitámos para fazer com óleo usado e saíram muito bem!! ;)

    ResponderEliminar
  9. Obrigada por teres visitado o meu cantinho. :) Como fizeste o sabão? Utilizaste cinzas? Ah, também gostaria de os experimentar. :)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  10. É a primeira vez que comento mas gosto muito do blog, é mesmo um encanto... Também gostava de experimentar ou entar saber como se faz. A lixívia das cinzas vai sair nos próximos dias.

    Clara

    ResponderEliminar
  11. Nossa, o sabão ficou lindo! É mais do que claro, que eu, gostaria de receber uma barra! Caso não seja possivel, a receita então... que fazer, nê? Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  12. Nossa, o sabão ficou lindo! É mais do que claro, que eu, gostaria de receber uma barra! Caso não seja possivel, a receita então... que fazer, nê? Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  13. Olá Luísa!

    Gostava de experimentar. Obrigada pela oportunidade.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Susana: usámos banha feita por nós (tivemos matança este fim-de-semana).

    Formiguinha: Estes sabões para além da roupa também podem ser usados no corpo. :-)

    Hazel: Bem lembrado Hazel! Vou passar a usar a expressão cobaia ...hehehehe

    Carla: Também já fiz com óleo usado e sairam muito bem. Mas para mim tem um inconveniente o cheiro, detestei.

    Flor de Lima: Não usei as cinzas. Mas é uma experiência que quero fazer brevemente, talvez no início de Janeiro.

    Clara: Que maravilha! Gostava de saber mais sobre as tuas experiências, podes enviar-me um email ?

    Heloisa: Vamos ver a sorte ;-)

    Quanto à receita não me importo nada de a partilhar. Mas quero elaborar um post mais cuidado para colocar toda a informação necessária, para ninguém correr riscos desnecessários.

    ResponderEliminar
  15. Também gostava de experimentar esse sabão!Como tudo o que já vi neste blog deve estar excelente.

    ResponderEliminar
  16. Olá Luísa,

    nós cá em casa também queria-mos testar (se não for possível, a receitinha também dava jeito).

    Tudo bem ai pelo Oeste?

    Beijinhos nossos

    ResponderEliminar
  17. Sniff... cheguei tarde! Talvez pá próxima...

    ResponderEliminar