Páginas

03 novembro 2010

Sobre as Receitas da Cosmética Natural

As receitas que utilizei para fazer a cosmética natural, apesar das alterações dos óleos, tiveram como base o que aprendi com a Sylvie Almeida nas suas oficinas de produtos naturais. Não seria portanto correcto da minha parte divulgar aqui uma receita sem ter pedido autorização à sua criadora.
Deixo-vos no entanto uma receita do blog Fimby , do qual gosto muito, que tem, quanto a mim, uma boa receita de batôn do cieiro.
Ingredientes:
3 colheres de chá de cera de abelha aos bocadinhos
6 colheres de chá de óleo de coco
1 1 / 2 colher de chá de lanolina
3 / 4 colher de chá de vitamina E 
2 colheres de chá de mel
3 / 4 colher de chá de óleo essência de hortelã
derreter a cera de abelhas com o óleo de coco, a lanolina e a vitamina. Mexer com um pauzinho. Quando a cera estiver derretida retirar do lume e juntar o mel a essência de hortelã, mexendo bem com o pauzinho.

Para fazer batôn de azeite e mel é só substituir as gorduras (óleo de coco e lanolina ) e eu particularmente não usaria a essência de hortelã.

Boas experiências!

Nota: A cera de abelhas é relativamente fácil de encontrar em lojas que tenham produtos para apicultura. Passando a publicidade, eu comprei na Agriloja.

13 comentários:

  1. A lanolina também interessante! É do melhor para os mamilos gretados no inicio da amamentação.
    Tenho ali uma embalagem quase cheia...

    Bigada pela receitinha!

    ResponderEliminar
  2. É verdade eu também usei no início da amamentação :-D O resto usei como batôn ;-)

    ResponderEliminar
  3. Pois claro, Agriloja é do Oeste!

    Eu já estrinho quando se está a fazer o baton, deve ser mesmo bom.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Este ano ainda não fiz os meus cremes caseiros.

    E nem vou apanhar a azeitona. As oliveiras deram pouco fruto. Não compensa o gasto em gasoleo para ir à aldeia.

    Olha, se quiseres mais literatura, pássa lá no blog para saber sobre o dia de todos os santos e o pão-por-deus.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Luisa,

    Thank you for the link and yes, you are free to share that recipe.

    ResponderEliminar
  6. Rachel: É do Oeste? Não fazia ideia... pensei que havia noutros sítios.

    Rute: Vou espreitar sim! Pena a azeitona não é? Fica para o ano ;-)

    Renee: Thank you!

    ResponderEliminar
  7. Obrigadoooooooooooooooo
    Até mais ler

    ResponderEliminar
  8. Olá!
    Queria agradecer-te pela partilha. Em relação à informação sobre as receitas aprendidas na oficina, acho que tiveste uma atitude muito, muito correcta. É raro encontrar pessoas assim leais e educadas como tu. Este blog continua a ser uma agradável surpresa, gosto muito de vos acompanhar.
    Um beijinho muito grande

    ResponderEliminar
  9. Maria obrigada pelas tuas palavras :-D
    Um beijinho muito grande

    ResponderEliminar
  10. Obrigada pela partilha, espero um dia ter paciência e jeito para experimentar ;)
    Beijinhos!
    (PS: estava a pensar ligar agora, não sei se dá jeito?, eh!eh!).

    ResponderEliminar
  11. Algures no Oeste: Liga quando quiseres :-D

    ResponderEliminar
  12. Luísa,

    a onde é que encontro a vitamina E?

    Já agora, os "3/4 colher de chá" são três quatros e não 3 ou 4 colheres de chá?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Olá Pat,
    eu comprei no Celeiro, vitamina E alimentar e usei uma cápsula (só o líquido do interior - ou seja a vitamina E).
    A quantidade são três quartos ;-)
    Beijo grande

    ResponderEliminar