Páginas

22 julho 2015

345 de 365 Dias da Horta Encantada

Há dias tão perfeitos, mas tão perfeitos que temos medo de falar deles, não vá toda a beleza esfumar-se nos ares e ficar apenas e só a sombra. Há dias tão perfeitos, mas tão perfeitos que fica  a memória para a eternidade, no mais fundo da alma onde ninguém a pode roubar nem apagar.
Hoje tivemos um dia perfeito, um dia de mar, um dia de faróis, um dia de luz.
Fizemos eternidade! Só isso conta, olhar no infinito do mar e saber que foi de lá que viemos e que será a ele que voltaremos um dia...
(A foto foi tirada durante a visita ao Farol da Berlenga)


Sem comentários:

Enviar um comentário