Páginas

05 outubro 2014

56 de 365 Dias da Horta Encantada

Esta foto não foi tirada hoje, mas mostra um dos caminhos que percorro diariamente.
Este poema é do nosso Primeiro Presidente da República Manuel de Arriaga.
A foto e o poema descrevem o que sinto durante as caminhadas diárias. 


O QUE EU VI

Sahi um dia a contemplar o mundo, Por vêr quanto ha de bello e quanto brilha Na multipla e gloriosa maravilha, Que anda suspensa em o azul profundo! Vi montes, vales, arvores e flôres, Limpidas aguas, múrmuras torrentes, Do grande mar as musicas plangentes, Dos céus sem fim os trémulos fulgôres! Trouxe os olhos tão ricos de belleza, O coração tão cheio de harmonia, De quanto havia em terra, mar e céos, Que interpretando a sós a Natureza: Dentro de mim esplendido fulgia, N'um circulo de luz, teu nome, oh Deus!
Manuel de Arriaga em "Cantos Sagrados"

Sem comentários:

Enviar um comentário