Páginas

12 agosto 2014

2 de 365 Dias da Horta Encantada

Ontem recomecei as caminhadas pelos campos aqui em redor.
Levo uma mochila às costas que leva água e traz fruta dos pomares abandonados.
Hoje levei um cestinho para apanhar amoras, que no final também transportou um pinha com pinhões.


"O Profeta" de Kahlil Gibran é um dos livros que ando a ler, hoje abri-o ao acaso (adoro este efeito de casualidade nos livros que não requerem uma leitura contínua). O Trabalho foi o que me calhou em "sorte". Aqui ficam algumas frases que me marcaram e me fizeram meditar sobre o assunto:

"E que significa trabalhar com amor?
É tecer o pano com fios do vosso coração, como se o vosso bem amado o fosse enfeitar.
É construir uma casa com carinho, como se o vosso bem-amado nela fosse habitar.
É semear com ternura os grãos e recolher a colheita com alegria, como se o vosso bem-amado lhe comesse o fruto.
É deixar em tudo quanto fazeis um sopro da vossa própria alma, e saber que todos os mortos bem-aventurados estão à vossa volta a contemplar-vos."

"O trabalho é o amor tornado visível."


4 comentários:

  1. quem bom que voltaste aqui :) beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Quando ando nas minhas voltinhas de bicicleta, nesta altura adoro parar e comer amoras dos arbustos... beijinhos.

    ResponderEliminar