Páginas

31 janeiro 2011

Ensino Doméstico - O Encontro

Ontem foi dia de reunião com famílias praticantes e aspirantes ao ensino doméstico, organizado pelo grupo  Transição e Permacultura Portugal. Depois do ajuntamento inicial, dentro de um conhecido centro comercial lisboeta, rumámos a um local mais acolhedor onde os pais poderam falar e as crianças brincar. A energia deste encontro foi formidável!
Foi muito bom descobrir que afinal aqui pelo Oeste não estamos sós, muitas mais famílias vizinhas praticam/aspiram o Ensino Doméstico.
Em Portugal o Ensino Doméstico é legal. Os pais que queiram educar os seus filhos em casa, em lugar de os mandarem para à escola, podem fazê-lo. Para quem deseje mais informações pode pesquisar  nos blogs Pés na Relva Aprender Sem Escola e A Escola é Bela. Para contactar com outros pais que pratiquem/aspirem ao ensino doméstico existem três grupos virtuais:

9 comentários:

  1. Vou partilhar! :-)

    Adorava um resuminho do que se passou, do que foi discutido, decidido, etc! Adorava ter lá estado, mas como vou acompanhando pela internet sinto-me parte do desabrochar deste movimento em Portugal apesar da distância.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. É um projecto que está a crescer, quem sabe um dia não fica ainda mais enraizado no nosso país.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá minha querida!

    Estiveste pertinho de mim??
    ÓÓÓÓ...

    Estou como a Paula no primeiro comentário, podias fazer um pequeno resumo do que aconteceu.

    Eu desconhecia que este grupo fosse tão organizado.

    Falas mais sobre este projecto!!

    Já tinhas estado no Vasco da Gama?

    Beijinho grande e bem quentinho :)

    ResponderEliminar
  4. Olá Luísa!!

    É claro que sim, quando vieres à Lisboa, diz qualquer coisa e vamos tomar um cafézinho, por que não? :)

    Avisa um pouquito antes para preparar a tropa, hahahaha...

    Eu conheço bem o Vasco da Gama, quem em Lisboa não conhece centros comerciais? Hahahaha.

    De verão, costumo levar os miúdos para brincarem por aí, do lado de fora do centro tem umas áreas boas para eles correrem e saltarem.

    Da minha casa até a "expo" são 15 minutos de carro.

    O tempo hoje está ensolarado, mas um frio de rachar.
    Tudo em "apertamento" é complicado, inclusive a secagem da roupa, se não for a máquina de secar, não nos safamos.
    Pior é a factura da ED ao fim do mês.

    Na nossa terra isso não acontece, quando não seca cá fora, fica ao calor da lareira e seca num instante e é muuuuito mais econômico.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. São grupos como este que podem trazer ao nosso país um pouco de modernidade e cultura!
    Ainda bem que se conseguem organizar mesmo semqualquer apoio do Estado. É de louvar..

    bjokas,

    Rita

    ResponderEliminar
  6. Paula: Penso que brevemente no grupo de Permacultura alguém falará sobre isso. Eu, que estava sozinha com os dois, foi-me difícil acompanhar tudo. Mas o essencial tu já sabes, a criação de uma associação. Obrigada Paula, o que está a acontecer é em grande parte responsabilidade tua, por todas as sementes que tens vindo a semear ao longo destes anos.

    Rachel: Espero bem que sim :-D

    Patrícia: Então está combinado um cafézinho em Lisboa, brevemente :-D

    Ana Rita: É o gosto que trás a motivação, mesmo sem qualquer apoio do estado :-D beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Também estiveste pertinho de mim!

    Que giro!

    Não conhecia este projecto!!!

    Já estive a ler um pouco mais sobre ele.

    Boa semana
    Beijos

    PS: já experimentei o teu sabão, escreverei sobre ele no blog. ih ih

    ResponderEliminar
  8. É sempre bom encontrar-nos com aqueles que têm afinidades connosco! Daí a tal energia :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. An@: Fico à espera de saber sobre o uso do sabão, estou muito curiosa :-D

    Fernanda: Acho que tens toda a razão. :-D

    ResponderEliminar